Educação Cristã

educação cristã

 

Você procura uma escola que?Escola CristãEscola NÃO Cristã
Trabalhe o currículo EscolarSIMSIM
Utilize livros didáticosSIMSIM
Reforce valores da sua famíliaSIMNÃO
Auxilie no desenvolvimento do caráterSIMNÃO
Ajude na construção de valoresSIMNÃO
Tenha ambiente familiarSIMNÃO
Tenha educadores cristãosSIMNÃO
Trabalhe em aliança com vocêSIMNÃO

 

OS SETE PRINCÍPIOS BÍBLICOS RELACIONADOS À EDUCAÇÃO CRISTÃ

 

  1. O PRINCÍPIO DA SOBERANIA– Deus é soberano, governador absoluto sobre tudo, porém chama seus filhos para serem soberanos com Ele sobre toda a criação. Quando qualquer outro pode começar a ser fonte de nossas vidas, saímos de sua soberania.
  2. O PRINCIPIO DA INDIVIDUALIDADE– Deus é uno e no entanto diverso em sua criatividade e expressão, e criou o homem à Sua imagem para relacionar-se com Ele de maneira única, mas também coletivamente, em harmonia. Deus não coletiviza sua criação. Cada coisa foi criada de forma diferente e com um propósito. Quando se perde essa visa, o resultado é a massificação ou individualismo.
  3. O PRINCÍPIO DO GOVERNO– A capacidade de escolher e de restringir-se internamente, resistindo ao pecado e submetendo-se ao Deus de amor, é a marca da liberdade. No desequilíbrio, ou se deixará a criança entregue a si mesma ou se controlará o governo interno da criança.
  4. O PRINCÍPIO DO CARÁTER– Deus deseja que Sua imagem seja formada no homem, expressando sua glória. Para tanto, o submete a pressões, conflitos e trabalho para edificar sua fé a capacitá-lo a resistir e transformar as situações. O caráter exprime uma marca feita por meio de corte (gravar, imprimir). A marca de Cristo no coração do indivíduo a seu tempo começará a manifestar-se como fruto do Espírito. O sistema educacional deve, portanto, produzir uma pressão que privilegie a marca do homem espiritual, em detrimento da velha natureza.
  5. O PRINCÍPIO DA MORDOMIA– Deus como proprietário de todas as coisas deu ao homem a responsabilidade de administrar tanto seus recursos internos como as coisas materiais externas. O homem deverá prestar contas a Deus de tudo que tem, a começar de sua propriedade básica, que é a sua própria consciência.
  6. O PRINCÍPIO DA SEMEADURA E COLHEITA– Deus ensina que o homem colhe aquilo que semeia, que há causa e efeito para tudo que se passa ao nosso redor e conosco. Fomos chamados por Jesus para produzir fruto. Um professor planta no coração do aluno o que está no seu coração, à luz da Palavra de Deus. O tempo se encarrega de revelar o que foi plantado, debaixo de oração e na confiança da promessa de Deus.
  7.  O PRINCÍPIO DO PACTO – Deus estabeleceu um equilíbrio entre a unidade interna e a união externa, de forma que somente quando há acordo em princípios, pode haver unidade em ações. A unidade interna do Espírito em nossos corações estabelece o fundamento para a união externa de nossas vidas. A unidade das idéias com princípios bíblicos no currículo promoverá a união das ações na vida do aluno.
Visit Us On InstagramVisit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On Google PlusVisit Us On TwitterCheck Our Feed